CAPIMETRIA COMPUTADORIZADA

É o exame oftalmológico que avalia a percepção visual central e periférica, identificando qualquer alteração ou redução visual. Utilizado para diagnosticar o glaucoma, doenças neurológicas, entre outras.

MAPEAMENTO DE RETINA

Com o mapeamento, é possível diagnosticar ou avaliar a evolução de doenças sistêmicas, entre elas diabetes e hipertensão arterial. O exame de Mapeamento de Retina também é indicado para diagnosticar doenças oculares como descolamento de retina, degenerações retinianas, doenças da mácula, tumores, oclusões vasculares, hemorragias e infecções.

MISCROSCOPIA ESPECULAR DE CÓRNEA

É um exame de visão que permite realizar a contagem do número de células endoteliais da córnea e analisar o aspecto das mesmas, identificando qualquer degeneração ou atrofia do tecido.

PAQUIMETRIA ULTRASSÔNICA

Paquimetria é o exame de visão que mede a espessura da córnea. A paquimetria é muito importante na avaliação para a cirurgia refrativa e diagnóstico de ceratocone.

RETINOGRAFIA COLORIDA

Consiste na fotografia do fundo do olho. O exame permite a documentação de alterações na retina e no nervo óptico, fundamental no acompanhamento de doenças progressivas.

TONOMETRIA

Tonometria é o exame de visão que mede a pressão intra-ocular.

TOPOGRAFIA DE CÓRNEA

Analisa a curvatura da córnea em toda a sua extensão desde o seu centro até a sua periferia e avalia as alterações de sua superfície como a regularidade e a simetria, permitindo identificar astigmatismos e outras irregularidades na córnea, como o ceratocone. Esse exame oftalmológico é indicado também em pré e pós-operatórios de cirurgias refrativas, cirurgia de catarata, transplante de córnea, e na adaptação de lentes de contato.

BIOMETRIA

É o principal exame oftalmológico para calcular o grau da lente intra-ocular implantada na cirurgia de catarata.

TOMOGRAFIA DE COERÊNCIA ÓPTICA (OCT)

Tomografia de Coerência Óptica (OCT) é um exame de imagem não invasivo que produz imagens de corte seccional das estruturas oculares in vivo com alta resolução e reprodutibilidade. Indicações para exame: Podemos diagnosticar e acompanhar alterações como: degeneração de mácula, buraco de mácula, edema macular, membrana epirretiniana, retinopatia diabética, tração vítreo – retiniana, distrofias retinianas, entre outras.

É possível fazer análise de progressão do glaucoma e auxiliar no diagnóstico precoce da doença.

TOP