lentes de contato

Lentes de contato: tudo o que você precisa saber

Conheça a diferença entre lente de contato rígida e lente de contato gelatinosa

Lentes de contato gelatinosas

Atualmente existem dois tipos de lentes: a de hidrogel, que é um modelo mais antigo, e a lente de silicone hidrogel, feita com um material que confere mais oxigenação à sua córnea. As lentes gelatinosas são flexíveis e confortáveis, e a maioria dos pacientes relatam que praticamente não sentem o seu uso. 

O tempo de descarte das lentes gelatinosas varia, ou seja, cada uma delas tem o seu tempo de indicação mais preciso:

Lentes de descarte diário

As lentes de descarte diário são ótimas para pessoas que desenvolvem alergia ou que usam lentes de contato mais esporadicamente. 

Lentes de descarte quinzenal 

São lentes de hidrogel mais antigas no mercado e tem um tempo de vida maior, se comparado às de descarte diário. 

Antes de usar lentes de contato é muito importante que você marque uma consulta com o seu médico para que, dessa forma, a lente certa seja escolhida.

Lentes de descarte mensal

A maioria das lentes costumam ter o seu descarte mensal.

Lentes de descarte anual

As lentes de descarte anuais abrangem curvaturas diferentes, alguns pacientes ganham a indicação para o seu uso por elas conferirem melhor visão e conforto para eles. 

As lentes gelatinosas corrigem o grau da Miopia, da Hipermetropia e do Astigmatismo. 

As lentes que corrigem o Astigmatismo são chamadas de Lentes Gelatinosas Tóricas e elas também são descartáveis ou anuais. As anuais abrangem graus de Astigmatismo maiores, acima de 3 no óculos. 

Existe outro tipo de lentes gelatinosas que corrigem a presbiopia, condição ocular em que os olhos ficam cansados. Já as lentes multifocais corrigem problemas de perto e de longe na mesma lente, como também em sistemas de adaptação monovisão, onde corrigimos a visão de um olho para longe e de outro para perto. 

Ainda se tratando de lentes gelatinosas, existem as lentes estéticas. Elas ajudam a corrigir deformidades nos olhos causadas por acidentes, queimaduras ou outras lesões mais graves. Para fazer uma lente estética, é necessário que o seu oftalmologista tire fotos e meça o olho que não sofreu alterações. Depois disto, estes registros vão ser mandados para o fabricante – que criará uma lente com as medidas exatas do olho saudável. 

Lentes de contato rígidas

Existem as lentes de contato corneanas e as lentes esclerais. 

Lentes rígidas corneanas 

Existe uma vasta gama de desenhos para corrigir problemas diferentes como o Ceratocone, ou córneas que ficaram muito aplanadas depois de cirurgias ou algum trauma. Por ser mais dura, a lente rígida consegue dar um molde à córnea, o que confere uma excelente qualidade visual. 

Lentes esclerais 

As lentes esclerais abrangem toda a córnea e ela ajuda a melhorar a visão de casos difíceis, normalmente os não são possíveis de serem tratados com o uso das lentes rígidas corneanas. As lentes esclerais ajudaram a diminuir o número de transplantes de córnea porque se tornou mais uma opção para corrigir problemas que normalmente só seriam possíveis com a cirurgia. 

Categorias

Compartilhe nas suas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fique por dentro de todas as novidades do nosso portal

Hipermetropia

O que é a Hipermetropia?

A Hipermetropia pode acontecer sozinha ou associada ao Astigmatismo, sendo mais comum do que as pessoas imaginam, Estima-se que 30 a 40% da população brasileira têm algum grau de Hipermetropia – o que equivale, em média, a uma a cada três pessoas. Em outras partes do mundo esta porcentagem pode aumentar, chegando a atingir até 50% da população.

Ver Notícia Completa »