LASIK

LASIK: recuperação e pós-operatório da cirurgia refrativa

Basicamente, existem três fatores que influenciam no tempo de recuperação da cirurgia refrativa. O primeiro é a técnica utilizada, se foi PRK ou LASIK, o segundo é o tipo de grau da pessoa e, por último, qual é a atividade que a pessoa quer realizar depois da cirurgia. 

LASIK

Pacientes que se submeterem a técnica LASIK vão ter a sua recuperação bem mais rápida e, normalmente, no prazo de dois dias a sua visão já vai estar melhor, podendo dirigir automóveis e usar aparelhos telefônicos. Depois deste tempo também é possível voltar a usar o computador e retornar a rotina de trabalho, desde que o ambiente não seja muito poluído já que existe risco de infecção nos primeiros sete dias. 

O que pode causar uma infecção? 

Apesar da recuperação da técnica LASIK ser muito rápida, existe o risco de infecção na primeira semana depois da cirurgia e, por isso, toda a atividade que coloque os resultados da cirurgia em risco precisam ser evitadas. 

Toda a substância que entrar em contato com os olhos na primeira semana após a cirurgia pode causar uma infecção. Por exemplo, água contaminada, suor do rosto, maquiagem, lenço, mãos sujas. É recomendado que o paciente evite atividades práticas de esportes, ir à praia ou tomar banho de piscina. 

Não existem muitas recomendações de prevenção com relação ao esforço físico, mas é importante lembrar que estas atividades colocam em risco a recuperação do olho por estimularem a produção de suor no corpo, bem como expor a área operada a lugares contaminados. 

Uma das vantagens da técnica LASIK é a sua recuperação rápida. Procure o seu oftalmologista para avaliar se este procedimento é o correto para você.

Tempo de recuperação para atividades de impacto

No LASIK existe um corte que é feito no olho antes do laser ser aplicado, o flap, e a sua cicatrização é muito sutil e frágil nas primeiras semanas. Qualquer pancada, contusão ou soco no olho pode deslocar o flap de lugar, provocando problema na visão. Para proteger os resultados do LASIK, alguns médicos optam em afastar os pacientes de atividades de impacto por até três meses. 

Qual é o resultado final do LASIK?

O resultado final do LASIK é visto, em média, depois de 30 dias. 85% dos pacientes ficam de zero a meio grau após a cirurgia e, mesmo que o paciente ainda apresente um grau mínimo, ele vai poder levar a sua vida de maneira mais satisfatória. Dentro desta porcentagem, ainda existe um pequeno grupo que pode precisar de uma segunda cirurgia para retoque. 

Isso pode acontecer quando a margem de erro do uso do laser se torna maior do que o esperado. Nestes casos, então, a abordagem correta é esperar de quatro a seis meses para a cicatrização da região para, em seguida, realizar a cirurgia de retoque. 

Em resumo, o grande apelo do LASIK é a recuperação rápida, após o primeiro dia o paciente que realizar a cirurgia refrativa com esta técnica já vai ter a sua visão recuperada em 90%. Até o trigésimo dia a pessoa já vai estar com a visão 100% recuperada. É importante se afastar de atividades que possam gerar infecção durante sete dias, bem como não realizar atividades de alto impacto para preservar o flap. 

É muito importante conversar com o seu médico sobre as melhores opções de correção de grau com a ajuda da cirurgia refrativa, assim como outros métodos de correção também devem ser abordados e analisados para que a melhor opção de tratamento seja prescrita. Antes de tomar qualquer decisão que envolva a saúde dos seus olhos, marque uma consulta com o seu oftalmologista e tire todas as dúvidas. 

Sistema de Oftalmologia Integrada em Porto Alegre

O Sistema de Oftalmologia Integrada, fundado em 16 de janeiro de 2012, é uma Rede de Clínicas voltadas exclusivamente à Oftalmologia.

Desde o início voltamos nosso esforços para prestar um atendimento integral por meio de prevenção, diagnósticos precisos, tratamentos clínicos e cirúrgicos resolutivos.

Atualmente, a Oftalomologia Integrada atende em 3 grandes polos de saúde, Serra Gaúcha, Porto Alegre e Região Metropolitana promovendo, de modo sustentável e inovador a gestão de recursos na assistência oftalmológica.

Categorias

Compartilhe nas suas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fique por dentro de todas as novidades do nosso portal

Hipermetropia

O que é a Hipermetropia?

A Hipermetropia pode acontecer sozinha ou associada ao Astigmatismo, sendo mais comum do que as pessoas imaginam, Estima-se que 30 a 40% da população brasileira têm algum grau de Hipermetropia – o que equivale, em média, a uma a cada três pessoas. Em outras partes do mundo esta porcentagem pode aumentar, chegando a atingir até 50% da população.

Ver Notícia Completa »