Uso de colírio nos olhos

O perigo do uso de colírio nos olhos

A prática de utilizar colírio para aliviar a sensação incômoda nos olhos é recorrente entre as pessoas. Porém, essa recorrência pode ocasionar danos futuros mais graves e é sobre isso que falaremos no post de hoje.

Quais são os principais riscos do uso de colírios sem prescrição médica?

Segundo a Associação Brasileira das Indústrias Farmacêuticas (Abifarma), anualmente, cerca de 20 mil pessoas vão a óbito pela prática de automedicação, e na saúde ocular, pode causar novas doenças em um quadro mais grave. 

Além de mascarar outros sintomas de doenças. O uso de colírios por indicação de amigos, parentes ou conhecidos, podem parecer inofensivos, mas há um risco de intoxicação no caso de interagir com outro tratamento que o paciente já utiliza. 

Alguns colírios possuem ação vasoconstritora, por exemplo, e são capazes de alterar o ritmo cardíaco. Com isso, o medicamento pode ocasionar a elevação da pressão arterial. Além de possuírem princípios ativos diferentes, e contribuem para o desenvolvimento de glaucoma e catarata.

Além do uso de colírios, destacamos pomadas e cremes, pois com o uso irregular ou contínuo dessas opções e que contenham antibióticos na fórmula, podendo ocasionar mutações nas bactérias presentes no organismo ou tornando-as resistentes aos demais medicamentos que quando forem de fato receitados pelo médico não vão surtir o efeito esperado.

Desenvolvimento de glaucoma e catarata

Com o uso de colírios com corticoide, a pressão do olho pode alterar e como consequência o desenvolvimento do glaucoma. O glaucoma é uma doença ocular associada à degradação do nervo óptico. Além do glaucoma, outra doença associada é a catarata (que afeta geralmente pessoas com mais de 50 anos). A catarata está relacionada com a perda da transparência do cristalino, e afeta o processo de formação de imagens.

Doenças cardiovasculares

Além das doenças oculares citadas, o colírio sem prescrição médica pode gerar doenças cardiovasculares. Apesar de parecer inofensivo, o medicamento é capaz de afetar e provocar doenças em outros órgãos do nosso corpo, como o coração.

Como já citei anteriormente, há alguns tipos de colírios que possuem ativos vasoconstritor, que afetam diretamente o coração. Geralmente é utilizado para reduzir a vermelhidão dos olhos, porém, esse colírio é contraindicado para pessoas com problemas cardiovasculares.

O perigo dessa medicação acontece durante a sua aplicação. Através do canal lacrimal, o colírio chega até a corrente sanguínea. Por isso, é fundamental não praticar a automedicação sem a recomendação do seu oftalmologista de confiança.

Úlcera na córnea 

A úlcera da córnea é uma infecção ocular que provoca uma ferida aberta na córnea (a camada transparente na frente da íris e da pupila), e que possui como sintomas dor, visão embaçada e vermelhidão. É uma doença que requer tratamento imediato. Geralmente é causada por alguma infecção por vírus, bactérias ou fungos. E esse é um caso em que o uso indevido e prolongado de colírios antibióticos, pode aumentar a predisposição à infecção já que produzem uma resistência imunológica do paciente.

Conheça a Oftalmologia Integrada

O Sistema de Oftalmologia Integrada é uma rede de clínicas voltadas exclusivamente à Oftalmologia. Desde o início, nossos esforços estão em prestar um atendimento integral por meio de prevenção, diagnósticos precisos e tratamentos clínicos e cirúrgicos resolutivos.

Atualmente, a Oftalmologia Integrada atua em 3 grandes polos de saúde, Serra Gaúcha, Porto Alegre e Região Metropolitana, promovendo de modo sustentável e inovador a gestão de recursos na assistência oftalmológica.

Navegue pelo site e conheça os nossos serviços, convênios, especialidades e outros artigos que podem ajudar  a esclarecer as suas dúvidas sobre as doenças mais comuns de serem diagnosticadas nos consultórios oftalmológicos. E, se precisar, fique a vontade para entrar em contato conosco e agendar uma consulta.

Categorias

Compartilhe nas suas Redes:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on skype
Skype

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fique por dentro de todas as novidades do nosso portal

Cegueira

Cegueira

O diagnóstico precoce poderia reverter 70% dos casos de cegueira. Entenda a diferença entre essa doença na fase adulta e infantil.

Ver Notícia Completa »